EURECA auxilia famílias atendidas com entrega de cestas básicas

O Instituto Família Barrichello está atento às necessidades que as famílias de crianças e adolescentes atendidos pelo Projeto Esporte, União, Respeito e Comunicação – EURECA estão atravessando durante a pandemia da COVID-19. Com as aulas presenciais suspensas desde março, as atividades seguem em curso e estão sendo promovidas por meio das redes sociais. Os cuidados chegam aos alunos através de videoaulas, materiais informativos e encontros virtuais com assistente social e psicóloga. Do ponto de vista humano, o Instituto Família Barrichello auxilia atualmente mais de 1.000 famílias com a entrega de cestas básicas.

“As ações de resposta humanitária surgiram desde o começo da pandemia. Nossa preocupação era com os projetos de atendimento, proteger as pessoas e criar conteúdos para que elas pudessem continuar fazendo atividades, além de ter um suporte psicossocial. A pandemia tirou muitas pessoas do trabalho e, como lidamos com territórios de alta vulnerabilidade, onde as pessoas, em sua maioria, vivem na informalidade, encontramos um cenário de fragilidade em relação ao desemprego. Vimos uma série de famílias passando dificuldades”, afirmou William Boudakian, diretor executivo do Instituto Família Barrichello.

Com a pandemia do novo coronavírus, o isolamento social para evitar a propagação da doença se faz fundamental. Mas, como fazer com que as crianças e adolescentes realizem as atividades em casa e que as famílias envolvidas participem, em um contexto recheado de necessidades emergenciais, como é o caso da falta de alimento ou emprego? “As campanhas de arrecadação de alimentos idealizadas pelo Instituto Família Barrichello vêm de encontro ao seu DNA: a família, que representa o pilar da estrutura da sociedade e a base de toda a estrutura da instituição. Estas campanhas minimizam o sofrimento”, disse Alessandro Costa, coordenador do Eureca.

“Como deixar de olhar as famílias com necessidades emergenciais atendidas pelos núcleos de convivência onde atua o Instituto Família Barrichello? Desta forma, através de diversos meios de captação, dentre eles editais, financiamento coletivo, doações de parceiros e lives solidárias, o objetivo foi mais que superado e conseguiu beneficiar muitas famílias com cestas básicas, kit higiene e bandejas de iogurte”, completou Alessandro. A resposta  positiva das famílias pode ser comprovada pelos inúmeros depoimentos de agradecimento que o instituto vem recebendo.

“Eu só tenho que agradecer muito por esse projeto que veio nos beneficiar e, nesse momento, toda a ajuda é bem-vinda. Bato palmas para toda a equipe do Instituto Família Barrichelo, que Deus abençoe a cada um de vocês e a todos. A única palavra que posso dizer é gratidão. Nesse momento que estamos vivendo de pandemia, um momento triste, de preocupação e até medo, não podemos perder a fé, a esperança que mora dentro do nosso coração. Eu acredito muito que isso tudo vai passar, que é um período para aprendermos e enxergar que somos seres humanos e que não somos independentes, que nós dependemos uns dos outros”, elogiou Benedita, mãe da aluna Carla.

“Foi uma ajuda muito grande, eu e meu marido estamos desempregados, então a situação está bem preocupante. O que a gente está pegando de auxílio serve para pagar a água e a luz, e demos uma parte do aluguel. Então, essa cesta está sendo de grande ajuda mesmo”, relatou Gilmara, mãe de Nícolas. “A cesta básica me ajudou muito, pois eu também estou desempregada. Ela faz uma grande diferença no meu lar. Obrigada por tudo”, falou Vânia, mãe de Thalya. As ações, porém, não podem parar. O Instituto Família Barrichello segue trabalhando para atender as necessidades dessas famílias durante a pandemia.

“Na primeira semana, montamos uma campanha SOS Covid. Não tínhamos esse recurso em caixa e elaboramos uma proposta com o apoio da Nike. Isso possibilitou resultados bem legais, colaborou muito e a campanha segue, ajudando mais de 1.000 famílias. É uma situação muito difícil, temos um limite, mas estamos estruturando propostas para providenciar alimentos para todas as famílias atendidas, é um desafio que nós temos. Mapeamos os territórios, identificamos as necessidades, ativamos nossos parceiros e começamos as campanhas. Tudo é controlado e com prestação de contas. Vale registrar que grandes empresas tem ajudado a gente”, finalizou William.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Fechar Menu
×

Carrinho